Manutenção de energia solar: o que é preciso saber?

Quando o assunto é energia solar, um dos pontos mais benéficos e difundidos sobre essa tecnologia é o seu baixo custo de manutenção. Contudo, apesar dessa característica positiva, a manutenção de energia solar é uma medida necessária, sobretudo quanto aos painéis fotovoltaicos, já que são peças que ficam expostas a todo tipo de intempérie.

Um dos pontos principais dessa manutenção, como veremos adiante, está relacionado à limpeza das placas. Isso porque o acúmulo de poeira, devido à falta de chuvas e à poluição das cidades, pode afetar a capacidade de captação de luz solar, interferindo negativamente na produção do sistema.

Assim sendo, a empresa que atua nesse segmento precisa estar atenta aos cuidados necessários para manter os sistemas dos seus clientes com plena capacidade de produção. Para isso, orientar sobre a necessidade de manutenções periódicas e oferecer serviços técnicos para esse tipo de necessidade é essencial.

A seguir, preparamos um post completo para mostrar a importância da manutenção do sistema de energia solar. Acompanhe!

É preciso fazer a manutenção do gerador de energia solar?

Como dito, apesar de apresentarem um custo de manutenção reduzido, os sistemas de produção de energia solar não dispensam totalmente alguns cuidados. Com uma certa regularidade, é necessário fazer intervenções nos equipamentos, tanto de forma preventiva quanto corretiva.

Um exemplo comum, porém de grande importância, é a limpeza dos painéis solares. Isso porque, com o passar do tempo, a poeira e outros detritos vão se acumulando sobre as placas, prejudicando a passagem de luz e, consequentemente, a capacidade de geração de energia do sistema fotovoltaico.

Diversos fatores afetam a produção de energia dos painéis solares, mas a sujeira pode ser um dos principais e, também, o mais fácil de se corrigir. Segundo afirmam especialistas, painéis solares sujos não geram tanta energia quanto painéis limpos.

A perda de potencial de geração pode chegar a 25% em alguns casos, aponta o laboratório Nacional de Energias Renováveis dos Estados Unidos (NREL). No mesmo sentido, empresas de energia solar relatam perdas de até 30% em casos em que o usuário nunca realizou a limpeza dos painéis — isso em situações extremas, em locais onde há uma baixa incidência de chuvas.

Como fazer a manutenção correta?

Em regra, a recomendação é que a limpeza dos painéis seja feita anualmente. Em localidades com baixo índice de chuvas e/ou onde existe muita poeira e poluição, o ideal é que o procedimento seja realizado no intervalo de 6 meses. No entanto, a necessidade de uma limpeza, de uma forma simples, pode ser constatada com uma checagem visual nos painéis solares. Caso estejam sujos, está na hora de passar um pano úmido neles.

Como já dito, à medida que a sujeira toma conta dos painéis, sua produção de energia diminui. Assim, uma fina camada de poeira já é suficiente para causar perdas na produção de energia do painel, perda essa que gira em torno de 5%.

Entretanto, quando os painéis solares ficam realmente cobertos de sujeira, como em uma casa próxima a uma grande avenida, em áreas agrícolas ou em locais pouco chuvosos, a perda de produção de energia solar fotovoltaica pode ultrapassar os 20%. Por isso é tão importante mantê-los limpos.

Para a limpeza, as seguintes recomendações podem ser seguidas:

  • diferentemente do que muitos acreditam, para fazer a limpeza não é necessário desligar o sistema;
  • por serem estruturas mais frágeis, não se deve andar sobre os módulos;
  • antes de molhar os módulos, é necessário fazer uma verificação visual, atestando que nenhum deles está com o vidro trincado, por exemplo;
  • não é necessário limpar a parte traseira dos painéis;
  • a limpeza deve ser feita primeiramente com água. Caso a sujeira não saia, recomenda-se utilizar sabão neutro, uma escova macia ou um rodo com lâmina de plástico junto de um pano umedecido;
  • não se recomenda o uso de jato de água de alta pressão;
  • dê preferência para realizar o procedimento em horários em que o sol está mais fraco, como no amanhecer e no entardecer.

Quais os equipamentos necessários?

Na realidade, os equipamentos necessários para a limpeza dependerão da maneira como o sistema foi instalado no ambiente. Por exemplo, em residências com um único pavimento, o processo acaba por exigir menos equipamentos, bastando uma escada para facilitar o acesso aos painéis, um rodo com um pano úmido — em alguns casos, um extensor do cabo pode ajudar — e uma mangueira com um jato de água.

Por outro lado, existem instalações mais complexas, feitas em locais mais altos, o que dificulta o acesso. Nesse tipo de situação, é fundamental que a limpeza seja feita com o auxílio de profissionais especializados, com os equipamentos de segurança apropriados.

Aqui, é importante destacar que esse serviço de manutenção pode ser cobrado de forma isolada pelas revendas/instaladores. Isto é, a empresa que realizou a instalação e/ou forneceu os equipamentos também pode garantir mais um diferencial aos seus clientes, disponibilizando um serviço de inspeção e manutenção especializado. Essa, inclusive, seria mais uma forma de gerar renda para o negócio.

Quais as principais dicas para aumentar a vida útil dos equipamentos?

Existem diferentes ações que podem contribuir para o aumento da vida útil de todo o sistema solar. A exemplo, uma boa instalação elétrica feita por profissionais qualificados é o primeiro passo para manter todos os equipamentos em ordem e livres de danos.

Assim, é sempre recomendado que o cliente aproveite a instalação do gerador fotovoltaico para fazer uma revisão nas instalações elétricas do local, realizando os ajustes que forem necessários. Isso porque é muito comum que instalações elétricas com padrões antigos não disponham de aterramento, por exemplo, o que aumenta os riscos de curtos.

Além disso, em projetos de médio e grande porte, é muito importante ficar atento ao peso das instalações sobre o telhado. Nesses casos, é fundamental que toda a estrutura seja considerada no projeto do imóvel, de modo que não haja nenhuma sobrecarga e risco de danos ao telhado ou à segurança das instalações.

Por fim, como foi possível perceber, a manutenção de energia solar é uma medida altamente recomendada quando o assunto é garantir o bom funcionamento do sistema e aumentar a sua vida útil. A limpeza das placas, apesar de simples, faz uma grande diferença no funcionamento do sistema, de modo que os seus clientes precisam estar cientes dessa necessidade e o seu negócio deve estar preparado para auxiliá-los sempre que necessário.

Então, gostou deste artigo? Restou alguma dúvida ou quer compartilhar suas impressões sobre manutenção de energia solar? Sinta-se à vontade para deixar o seu comentário abaixo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This