Tudo o que você precisa saber sobre geradores de energia solar!

Em um mundo no qual a preocupação ambiental é cada vez maior, a busca por fontes renováveis de energia vem sendo muito incentivada. Nesse contexto, os geradores de energia solar despontam como ótimas opções, crescendo em popularidade e acessibilidade, mas você sabe como funciona um gerador de energia solar?

Basta pesquisar um pouco para entender porque esses sistemas são cada vez mais populares ao redor do mundo. Seus benefícios, não só para o meio ambiente, mas também para o usuário, são consideráveis, especialmente quando comparados a outros métodos de geração de energia.

Se você estava pensando em adotar um, saiba que é um excelente investimento. E pensando nisso, falaremos tudo o que você precisa saber sobre esses sistemas. Confira!

O que são geradores de energia solar?

Os sistemas de energia solar vêm ganhando cada vez mais espaço no mercado. Enquanto os modelos voltados para o aquecimento de água por meio da captação da energia do sol são bastante populares, muitas pessoas ainda desconhecem os geradores de energia elétrica por meio da captação fotovoltaica.

Os geradores de energia solar são, como o nome já diz, aparelhos que utilizam a radiação proveniente do sol como fonte de produção de energia elétrica. Eles trabalham na conversão da radiação, transformando-a em eletricidade, a qual pode ser utilizada diretamente por aparelhos ou armazenada em baterias.

Quais são os tipos de geradores de energia solar?

Existem atualmente dois tipos principais de geradores de energia solar (ou sistemas fotovoltaicos). O primeiro, denominado “On Grid”, é conectado à rede elétrica da concessionária local, e funciona de modo que se a energia gerada não for suficiente para abastecer o imóvel, a mesma será complementada pela fornecedora.

E, caso você gere mais energia do que o necessário, esta será enviada para a rede da concessionária, abastecendo outras casas. Você receberá uma compensação por isso na forma de crédito em sua conta de luz.

Já o segundo tipo, chamado de “Off Grid”, não tem nenhuma conexão com a concessionária. Nele, toda a energia é consumida imediatamente ou armazenada para uso futuro. Muito indicado para locais afastados, com pouco ou nenhum acesso à rede elétrica, o gerador de energia Off Grid é conectado em baterias e funciona de maneira autônoma.

Esse tipo de sistema é independente das concessionárias de energia, de modo que o excedente é armazenado nas baterias e não enviado para a rede pública, como acontece no On Grid.

Também é possível usar um sistema híbrido, onde parte da energia produzida é armazenada em um backup, que pode ser acionado quando a rede da concessionária não está em funcionamento.

Como funciona um gerador de energia solar?

Os sistemas de geração de energia solar são compostos por painéis fotovoltaicos, cabos solares, inversor, proteção e baterias, sendo estas necessárias apenas no caso de um sistema Off Grid. Da captação à distribuição, ambos os tipos funcionam de maneira similar.

Os painéis são responsáveis pela captação da radiação solar, gerando energia em corrente contínua. Como a eletricidade é utilizada em sua forma de corrente alternada, ela é transportada pelos cabos até os inversores responsáveis pela conversão da corrente.

A energia que sai do inversor é, então, aproveitada no imóvel pelo quadro de força. Nos sistemas On Grid, o inversor é responsável também pela estabilização, pois mistura a energia elétrica gerada pelos painéis fotovoltaicos com aquela fornecida pela rede. Isso é especialmente útil em períodos de variação climática e com menos disponibilidade de luz do sol, como também à noite, quando não há captação.

Desde 2012, após a resolução 482 da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), foi estabelecido o sistema de compensação de geração de energia elétrica. Ele institui que cada watt (w) de energia gerada e injetada na rede pública é transformado em crédito para abatimento na conta de luz.

Assim, se o sistema é capaz de gerar energia para suprir todas as necessidades do imóvel, a conta de luz virá somente com o custo de disponibilidade (taxa mínima).

Já o sistema Off Grid funciona de maneira um pouco diferente. Após a conversão de corrente contínua para alternada, é preciso encontrar uma saída para a mesma, seja no consumo imediato, seja na sua estocagem para us futuro.

Por isso, o sistema Off Grid tem como principal diferencial a existência de baterias responsáveis por acumular a energia gerada. De maneira sistematizada, toda a energia consumida por um imóvel detentor dos geradores Off Grid vem diretamente das baterias, de modo que o que é gerado pelos painéis fotovoltaicos é voltado para o carregamento dessas baterias.

Para abastecer uma casa, por exemplo, é necessário não uma nem duas, mas várias baterias. É bastante frequente que seja criado um projeto de energia essencial onde as cargas imprescindíveis são mantidas pelas baterias. Esses bancos de baterias são gerenciados por um controlador de carga, responsável por otimizar o carregamento das baterias para evitar a sobrecarga e estabilizar a energia estocada.

Uma grande diferença em como funciona um gerador de energia solar Off e On Grid está na localização do inversor. Enquanto no On Grid ele é responsável por converter a corrente antes de enviá-la para a rede, no sistema Off Grid o inversor realiza esse procedimento após a energia passar pelas baterias. Isso acontece porque as baterias são carregadas em corrente contínua — a mesma gerada pelos painéis fotovoltaicos.

Como instalar um gerador de energia solar?

Apesar de teoricamente parecerem sistemas de simples funcionamento, não é indicado que a instalação dos geradores de energia solar seja feita de forma caseira. Saber como funciona um gerador de energia solar não é suficiente para realizar o processo com segurança.

É crucial contar com o auxílio de um Engenheiro Eletricista capacitado, que fará o projeto de acordo com a necessidade específica do imóvel, calculando-a de acordo com o consumo médio. No caso dos geradores On Grid, em seguida, esse projeto será apresentado à concessionária de energia local para a devida aprovação — esse processo dura, em média, 30 dias.

Após a instalação do sistema, a concessionária fica responsável por realizar a troca do relógio convencional pelo chamado relógio bidirecional, que realizará a medição da energia gerada e utilizada pela rede. É pelas medições desse instrumento que serão calculados os créditos de energia, assim como suas despesas.

Já o cálculo do sistema Off Grid funciona de maneira diferente. É preciso medir a necessidade do imóvel a partir da quantidade de dispositivos que serão ligados na rede interna, da potência de cada um e de quanto tempo eles serão alimentados.

Por isso, lâmpadas de uso exclusivamente noturno têm um peso muito diferente de uma geladeira que ficará ligada constantemente. Esse cálculo é responsável, inclusive, pela quantidade de baterias que serão necessárias, bem como de painéis fotovoltaicos.

Quais são os principais benefícios da energia solar?

Agora que você entende como funciona um gerador de energia solar, já está mais preparado para adotar esta solução. Porém, quais benefícios você pode esperar depois de investir neste sistema? Para esclarecer essa questão, separamos aqui 5 das principais vantagens da geração de energia solar. Confira.

Redução das despesas

O primeiro propósito dos geradores de energia solar, independente de seu tipo, é suprir a demanda por eletricidade de um ou mais aparelhos. Dessa forma, você não precisará puxar a mesma quantidade de energia da rede da concessionária, podendo até eliminar completamente a necessidade de se vincular a ela. Mesmo redes pequenas, que mantém apenas algumas lâmpadas, já contribuem nesse ponto.

A consequência aqui, obviamente, é uma redução considerável no seu consumo de energia e nas despesas associadas a esse recurso. No longo prazo, esse investimento visa proporcionar muito mais economia para você, seja em seu imóvel pessoal ou em seu negócio.

Aumenta o valor da propriedade

Imóveis são investimentos de longo prazo. Uma vez adquiridos, você pode utilizá-los por um longo período de tempo e depois vendê-lo ou alugá-lo para conseguir maior retorno sobre a sua compra inicial. E uma das maneiras de melhorar essa rentabilidade é investir em algo que aumente o valor da propriedade, como os painéis solares.

Casas que sejam autossuficientes ou que poupem boa parte da energia normalmente consumida por uma propriedade do mesmo porte são muito bem-vistas pelo público. Seu valor de venda tende a ser maior do que a média, já que o novo proprietário terá o retorno na sua conta de luz, e você mesmo pode aproveitar essa redução enquanto habitar o local.

Contribuição com o meio ambiente

Como já mencionamos, a crescente demanda por energia elétrica gera cada vez mais impactos ambientais. Desde a construção de novas hidrelétricas até o uso de termoelétricas, os danos vão se acumulando à medida que o consumo da população geral aumenta. Sendo assim, qualquer forma de economia já ajuda na preservação do planeta.

Sabendo como funciona um gerador de energia solar, é fácil concluir por que eles são tão indicados em construções amigáveis ao meio ambiente. Como não há praticamente nenhum subproduto no processo de geração de eletricidade pelos painéis solares, eles também não geram grandes impactos na condição de preservação do meio ambiente. Desde que haja luz do dia, eles podem continuar suprindo suas demandas por energia limpa.

Baixo custo de manutenção

Algo a ser levado em conta antes de adotar qualquer sistema de geração de energia é seu custo no médio e longo prazo. Se a manutenção de toda a rede apresentar mais gastos do que a conta de luz normal, então o investimento não seria positivo no médio e longo prazo — muito pelo contrário.

Felizmente, esse não costuma ser o caso com os geradores de energia solar. Uma vez instalados e passando em todas as inspeções de segurança, a frequência e custo de manutenção desta rede tende a ser bem pequena, não mais frequente do que um sistema de energia comum provido pela concessionária. Inclusive, em alguns casos, ele pode ser ainda mais barato!

Formação de backup para emergências

Dependendo do seu contexto, ficar sem energia pode não ser uma boa opção. É o caso de vários tipos de negócio, assim como de hospitais e outras áreas que fazem atendimento de emergência. Para estes casos, contar com um backup de energia ininterrupto em caso de emergência é imperativo.

É verdade que o sistema fotovoltaico só funciona quando há luminosidade, então ele não será imediatamente útil caso falte energia em um dia muito nublado ou durante a noite.

Porém, como já mencionamos, uma parte ou mesmo toda a energia gerada pelo sistema pode ser armazenada em baterias, as quais servem com backup temporário. Dessa forma, você não terá que ficar sem energia enquanto espera a concessionária voltar a funcionar.

Qual é o custo médio desses sistemas?

Depois de entender como funciona um gerador de energia solar e seus principais benefícios, a única questão que resta é: qual é o investimento necessário para aproveitar esse sistema?

A resposta, infelizmente, não é tão simples, já que há muitas variações. Em primeiro lugar, você deve levar em conta a viabilidade do sistema, já que ele depende da incidência de luz solar sobre a propriedade.

O valor é ajustado de acordo com alguns fatores, como o nível de produção de energia, tendo como parâmetro o tamanho do consumo padrão da propriedade. Os custo de um sistema de energia fotovoltaica residencial possui grande variação, indo de R$10.000 para casas pequenas com 2 pessoas até mais de R$60.000 para mansões com mais de 5 pessoas.

Acima disso, você terá os geradores de nível industrial, que podem partir de R$75.000 até mais de R$200.000, de acordo com o nível de energia necessário. Lembre-se de avaliar bem o seu caso, levando em conta também os custos de instalação e adaptação da rede. E, claro, que o retorno deve ser pensado no longo prazo.

A instalação de sistemas geradores de energia solar já é uma realidade no Brasil. Para que tudo ocorra da melhor forma possível, é imprescindível contar com fornecedores e empresas especializadas, que ofereçam serviços de qualidade e direcionados para as reais necessidades de cada imóvel.

Afinal de contas, o consumo de uma residência é muito distinto do consumo de uma fábrica, e poder contar com a experiência de uma empresa qualificada faz toda a diferença no melhor aproveitamento dos sistemas geradores de energia solar.

Enfim, saber como funciona um gerador de energia é fundamental para compreender os benefícios que esse sistema pode trazer para o seu dia a dia. Além disso, significa estar por dentro das novidades que contribuem para o meio ambiente, não é mesmo?

E você, quer continuar aprendendo mais sobre os geradores de energia solar? Então, siga-nos no LinkedInTwitterYouTubeFacebook e Google Plus para ficar sempre por dentro de nossas novidades!

Comments (2)

  1. Estou iniciando a empresa para vender e instalar energia solar . Quero ver os orçamentos de produtos com vcs. Tenho um cliente que quer montar vila usina para 2000 até, quer colocar um inversor de 15 para que se precisar tem como ampliar. Quer inversor froniun. E placas canadian!!! Se precisarem da inscrição é CNPJ eu enviarei….o endereço é do meu esposo.

    1. Aldo Componentes

      Gessica, tudo bem?
      Por gentileza, entre em contato com nossa equipe de vendas que eles podem te atender prontamente. Fone: 44 3261 2000 ou cartas@aldo.com.br
      Abraços,
      Aldo Componentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This